ALGO INVISÍVEL CHEGOU e COLOCOU TUDO NO LUGAR.

0
491

De repente os combustíveis baixaram, a poluição baixou, as pessoas passaram a ter tempo, tanto tempo que nem sabem o que fazer com ele,os pais estão com os filhos em família, o trabalho deixou de ser prioritário, as viagens e o laser também.

De repente silenciosamente voltamos para dentro de nós próprios entendemos o valor da palavra solidariedade.


Num instante damos conta que estamos todos no mesmo barco, ricos e pobres, que as prateleiras do super estão vazias e os hospitais cheios e que o dinheiro e os seguros de saúde que o dinheiro pagava não têm nenhuma importância porque os hospitais privados foram os primeiros a fechar.


Bastaram meia dúzia de dias para que o Universo estabelecesse a igualdade social que se dizia ser impossível de repor.


E os governos…ah os governos esses criam gabinetes de crise, medidas, recomendações e baralhados, confundidos com membros já infectados por aquela coisa invisível que se chama vírus, habituados a dominarem todos sentem-se impotentes por aquele algo que não se vê.


O MEDO invadiu todos, é verdade que mais os ricos que os pobres, as religiões não confiando na fé, fecham os templos e largam os seus fiéis entregues a si próprios.

Agora é nas redes sociais, é com as novas tecnologias, que antes eles tanto criticavam, que vão transmitindo algumas palavras. Os santuários, mais centros de exploração que outra coisa, fecharam. A fé naquele Deus ou naquele santo é menor que o medo de morrer.


Que ao menos isto sirva para nos darmos conta da vulnerabilidade do ser humano.

Fonte: Autor Desconhecido