Cidadãos da União Europeia isentos de visto para Cabo Verde a partir de 2019

A partir do próximo ano, portugueses e cidadãos da UE não vão precisar de vistos de curta duração para entrar no país.


A partir do próximo ano, visitar a terra das mornas, da lagosta, da cortada e do funaná vai ficar ainda mais simples — e barato. O ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano anunciou esta segunda-feira, 17 de dezembro, que a partir do próximo ano os cidadãos da União Europeia estarão isentos de vistos de curta duração para entrar em Cabo Verde. Os vistos custam, neste momento, 45 euros.

A medida tem sido várias vezes adiada, mas segundo o ministro Luís Filipe Tavares, citado pela Inforpress, as relações de cooperação entre Cabo Verde e a UE são atualmente “muito positivas”, estando o Governo confiante de que no futuro serão ainda “muito mais fortes” e “consolidadas”.

O governante adiantou ainda que “não tem havido problemas” e que as duas partes estão a trabalhar para “afinar e ajustar” alguns instrumentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *