20 C
Lisboa
Terça-feira, Setembro 29, 2020
Inicio Imobiliário Milionário francês compra Torres de Lisboa por mais de 100 milhões

Milionário francês compra Torres de Lisboa por mais de 100 milhões

Segundo o Expresso, Pierre Castel pagou pouco mais de 100 milhões de euros por quatro edifícios nas Torres de Lisboa.

O grupo Castel, do milionário francês Pierre Castel, comprou parte das Torres de Lisboa, por pouco mais de 100 milhões de euros, numa operação que foi fechada em Outubro, avança o Expresso este domingo, 16 de Dezembro.

Segundo a mesma publicação, passaram para as mãos do milionário francês quatro edifícios, duas torres de 16 pisos cada e mais dois de cinco pisos cada, todos eles arrendados a empresas como a Cetelem, o BPI, a Manpower e o British Hospital. Já os edifícios ocupados pela Galp ficaram de fora da operação.

Os activos imobiliários que foram vendidos pertenceram à Chamartín – que entrou em insolvência em 2015 – e estavam agora nas mãos da espanhola ECS, uma gestora de fundos de recuperação e reestruturação de activos.

Não consegue vender o seu imóvel?

Segundo o Expresso, Pierre Castel já é dono do Campus da Justiça, no Parque das Nações, do edifício sede da Nos, no Campo Grande, e de uma das Torres do Colombo.

Fonte: jornal de negócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Diversão no Oeste: uma escapadinha em família antes do regresso às aulas

Depois de um ano letivo atípico, o regresso às aulas está para breve. Antes disso, agarre nos miúdos e aproveite uns...

Investimento imobiliário será um dos “prováveis vencedores” da crise

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, destacou hoje o setor do imobiliário residencial como um dos "prováveis vencedores" da crise...

Casas de Férias no Alentejo

Sol escaldante e pequenos oásis para férias. O Alentejo, como o próprio nome indica, fica além do Tejo, na...

REGULAMENTAÇÃO DO ALOJAMENTO LOCAL PARA FÉRIAS

Nesta secção queremos mantê-lo informado(a) sobre a legislação existente em Portugal e facilitar-lhe o acesso à Lei do alojamento local.

Recent Comments